quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Roteiro: o que fazer em Bruxelas (Bélgica)

Bruxelas é a capital da Bélgica, e também considerada a capital da União Europeia (é lá que está a sede da Comissão Europeia e do Parlamento Europeu). Porém, a cidade é mais conhecida não pela política, mas sim pela cultura dos quadrinhos e pelos comes e bebes! Chocolate e cerveja são as duas coisas mais famosas da Bélgica em referência gastronômica. Eles simplesmente têm os melhores chocolates e cervejas do mundo, isso sem esquecer dos conhecidos waffle e batata frita, que é servida com uma generosa porção de maionese num cone de papel. Tem como não amar?

Antes de viajar, muitos amigos me falaram que Bruxelas era feia, marrom, desinteressante. E até no próprio hostel que eu estava, algumas pessoas me disseram que havia achado a cidade “não muito bonita”.  Mas eu achei um exagero, a cidade é super charmosinha, e assim como todas as cidades no mundo, tem partes feias e partes bonitas. É só saber onde olhar. Eu particularmente amei a cidade, a arquitetura, as pessoas, as comidas, as bebidas! Ai, que saudades!


Grand Place



A Grand Place é o cartão postal da cidade, e é considerada uma das praças mais bonitas do mundo, além de ser Patrimônio Mundial da Unesco. Ela é datada do século 12, e desde essa época, é o centro político e geográfico de Bruxelas. O prédio mais importante é a prefeitura (Hôtel de Ville), mas todo o entorno é rodeado de fachadas barrocas e góticas simplesmente incríveis!


Galéries St-Hubert


Pertinho da Grand Place, fica a Galéries St-Hubert, uma passagem de estilo neoclássico construída em 1847, com várias lojinhas, chocolaterias, cafés e restaurantes.


Manneken-Pis, Jeanneke-Pis, Zinneke-pìs



A pequena estátua do menininho fazendo xixi (Manneken-Pis) é um símbolo nacional. A cada evento ele está com uma roupa nova (existe até um museu com o guarda-roupa da estátua). Sinceramente, eu achei sem graça, vale passar lá só pelo simbolismo. Além do menino, também tem a menininha fazendo xixi (Jeanneke-Pis). Ela fica bem na frente do Delirium Café. E não satisfeitos, ainda tem o cachorro fazendo xixi (Zinneke-pìs), mas quando eu estive em Bruxelas em 2015, ele havia sido atropelado e foi retirado para reparos. Não sei se já colocaram de volta, não encontrei informações sobre isso.


Palais Royal


O Palácio Real é o palácio oficial da família real belga. Mas apesar do título, não é a residência das majestades. Na verdade, o rei e sua família moram no Palácio Real de Laerken. O Palais Royal “fake” só é aberto para visitação durante o verão.


Marolles


Marolles é um bairro super simpático que era um antigo reduto dos trabalhadores da cidade, hoje abriga inúmeros restaurantes, cafés, bares e lojas de antiquário. Aqui nessa área também fica o Palais de Justice de Bruxelas.


Atomium + Mini Europe

O Atomium e a Mini Europe ficam um do lado do outro, são duas atrações diferentes mas é possível comprar os 2 ingressos juntos com um preço reduzido.
O Atomium foi construído em 1958 para uma feira mundial (a Expo58). Com seus 102 m de altura, ele representa um cristal elementar de ferro ampliado 165 bilhões de vezes. Você pode entrar e subir pelos seus tubos até o topo e ter uma vista panorâmica da cidade. Já a Mini Europe, como o nome já diz, é um parque com reproduções de vários monumentos e cidades da Europa em miniatura.


Musee Bruxellois de la Gueuze - Cantillon Brewery


Na cervejaria Cantillon é possível ver como se faz a famosa cerveja belga. Na verdade só em alguns meses do ano você consegue ver o processo, nos outros você só vê os equipamentos e onde ele é feito. E no caso da Cantillon, eles fabricam uma cerveja do tipo lambic. É bem diferente, achei bem forte, o gosto lembra mais um vinho do que cerveja. Tem quem ame e tem quem odeie. Lá você pode fazer um tour guiado de 1 hora, e no final fazer a degustação.


Delirium Café

Foto: www.deliriumcafe.be


Esse bar, que também tem uma filial em São Paulo, tem um menu com mais de 2000 tipos de cerveja para escolher. Alguns dias tem música ao vivo, e o lugar fica abarrotado!


Museus: Musée Magritte, Musée des Instruments, Centre Belge de la Bande Dessinée

Existem vários museus em Bruxelas, mas vou citar aqui 3 dos que eu acho mais interessantes e que valem a visita:
O Musée Magritte é dedicado ao artista surrealista René Magritte, um dos mais famosos artistas belgas. Ele faz parte do Museu Royal de Belas Artes.
O Musée des Instruments é o museu dos instrumentos musicais. Tem de tudo, instrumentos de todos os tipos e estilos, e dos mais diversos países. E mesmo que você não queira entrar no museu, vale passar pra ver a fachada. Ele fica em um prédio art nouveau de 1899, que antigamente abrigava uma loja de departamentos chamada Old England.
O Centre Belge de la Bande Dessinée é um Museu das Histórias em Quadrinhos. Quem gosta de quadrinhos simplesmente pira nesse museu! Tem muita coisa dos Smurfs e do Tintim por lá, dois filhos pródigos da Bélgica conhecidos no mundo inteiro.


Bate-voltas a partir de Bruxelas
Dá pra conhecer todos os principais pontos turísticos de Bruxelas em 2 ou 3 dias inteiros, mas a melhor coisa é ficar 2 dias a mais do que o planejado e fazer bate-voltas para cidades próximas. Então se você tem alguns dias sobrando, não deixe de conhecer Gent e Bruges. Muita gente fica hospedado nessas 2 cidades, para aproveitar melhor e ver tudo com calma. Mas é super possível conhecer todos os principais pontos turísticos das duas em 1 dia.



Gent (ou Ghent) é uma cidadezinha com ares medievais a menos de 60 km de Bruxelas. Ela fica no meio do caminho para Bruges, então se sair bem cedinho, dá até pra fazer Gent e Bruges no mesmo dia. Saiba mais detalhes sobre ela aqui: Roteiro: o que fazer em Gent (Bélgica)



Bruges (ou Brugge) é outra cidade medieval a menos de 100 km de Bruxelas, ela é bem mais turística do que Gent e a mais bem preservada de todas. Saiba mais detalhes sobre ela aqui: Roteiro: Uma tarde em Bruges (Bélgica)

Dá pra ver que não falta coisas pra fazer em Bruxelas e se sobrar tempo, ainda é a base perfeita para se conhecer a Bélgica de bate-volta!


Posts relacionados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...